terça-feira, 2 de novembro de 2010

Anjos

Chegar em casa
E ter anjos te esperando,
Talvez seja mesmo uma dádiva.
Há quem não queira isso...

A que anjos me refiro?
Aqueles que são verdadeiros presentes de Deus.
Aos quais damos o nome de criança.
Há coisa melhor que ter um anjo assim?
Tanta inocência num só ser.
Tanto carinho num coração tão pequeno.

Olhos brilhando ao olhar,
Sorriso lindo ao te ver.
Braços estirados
Querendo colo, abraço.
Aliviando o cansaço do pai.
Que acabara de chegar do trabalho.
Benção?
Sim, estes já foram abençoados.

O desejo de ter um anjo assim,
Pode ser a motivação para viver mais.
Para viver por toda eternidade.
Cuidar com todo o amor.
Ensiná-las a verdade.

Queres ter um anjo assim?
Creio que sim...
Felicidade é também sinônimo
Desse anjo que sorri pra você.
Tristeza desaparece,
Se tem um anjo por perto.
Os olhos brilham
Buscando os seus.

Anjos são mesmo assim.
Brilham para consagrar a vida.
E para iluminar cada lar.
Com o sorriso sincero
E o olhar de amor.
Olhar de anjo.












 LIMA, Joel. Anjos. Serra Talhada, 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário